Nea

IETwitterYoutube Facebook

Sex20102017

Alunos do NEA recebem prêmios da SOBER de melhor dissertação e tese em Economia e Sociologia Rural.

O Núcleo de Economia Agrícola e Ambiental (NEA) parabeniza os alunos e docentes premiados no 54º Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (SOBER) em 2016.

O NEA tem a honra de contar com 3 premiados neste ano, algo inusitado na história da SOBER, que reflete a dedicação acadêmica e a qualidade da produção científica dos premiados e do grupo de pesquisa que preza exclusivamente pela excelência científica.

http://sober.org.br/congresso2016/trabalhos-premiados-sober-2016/

Todos SOBER

 

Prêmios da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (SOBER)

PRÊMIO SCHUH: Melhor Dissertação de Mestrado em Economia Rural.
INA THOMÉ PICOLI, “Pegada hídrica da economia brasileira: uma análise de insumo produto”,
Orientador Prof. Dr. Marcelo Pereira da Cunha (NEA/IE/UNICAMP)

Ina

 

PRÊMIO JOSÉ GOMES DA SILVA: Melhor Tese de Doutorado em Sociologia Rural.
PATRÍCIA ANDRADE DE OLIVEIRA E SILVA, “Capital Social e Políticas de Combate à Pobreza Rural no Brasil: Uma Abordagem em Redes”,
Orientador: Prof. Dr. José Maria Ferreira Jardim da Silveira (NEA/IE/UNICAMP)”

Patricia SOBER

 

PRÊMIO EDSON POTSCH MAGALHÃES: Melhor Tese de Doutorado em Economia Rural.
AFFONSO AMARAL DALLA LIBERA, “Dinâmica tecnológica na agricultura do Cerrado de Mato Grosso - uma abordagem baseada em agentes”,
Orientador Prof. Dr. José Maria Ferreira Jardim da Silveira (NEA/IE/UNICAMP)

Affonso

 

 

Tese do aluno Elyson de Souza é destaque em reportagem do Jornal da Unicamp

Foto Elyson JU

Fonte: foto do Jornal da Unicamp

O trabalho apresentado pela Dr. Elyson Ferreira de Souza “Os problemas fundiários do Acre: um estudo para uma melhor governança de terras”, do Núcleo de Economia Agrícola e Ambiental (NEA) no Instituto de Economia (IE), foi destaque no Jornal da Unicamp e expõe problemas fundiários do Acre e propõe melhor governança de terras no Estado.

A reportagem completa pode ser lida no link abaixo:

http://www.unicamp.br/unicamp/ju/665/tese-expoe-problemas-fundiarios-do-acre

Aluna de Iniciação Científica do NEA recebe bolsa de estudos na University of Groningen, Holanda.

A aluna Livia Ferreira Velho Rodrigues, do Instituto de Economia da UNICAMP, é bolsista de iniciação científica da FAPESP e irá receber pela mesma instituição uma bolsa de pesquisa no exterior que será realizada na University of Groningen, Holanda, no segundo semestre de 2016.

O título do projeto é "Public policies and urban sustainable mobility: Comparative analysis between Groningen and Campinas" e tem como orientadores no Brasil os professores Alexandre Gori Maia (IE/UNICAMP) e Cristiane Carvalho (UNESP/Guaratinguetá) e na Holanda o professor Paul van Steen.

Site da universidade: http://www.rug.nl/

Foto Groningen

Groningen

II Seminário Governança de Terras e Desenvolvimento Econômico

O Grupo de Governança de Terras, coordenado pelo prof. Bastiaan Reydon do Núcleo de Economia Agrícola e Ambiental (NEA), organiza o 2º Seminário "Governança de Terras e Desenvolvimento Econômico" que acontecerá nos dias 4 e 5 de agosto no Auditório Zeferino Vaz do Instituto de Economia da UNICAMP.

Mais informações no site: http://governancadeterras.com.br/seminario/

Banner preview light

Confira o artigo do prof. Antonio Buainain e do prof. Steven Helfand

O prof. Antonio Buainain em coautoria com o prof. Steven Helfand da University of California, Riverside, traz uma breve reflexão sobre a trajetória do Brasil "How did Brazil go from rising BRIC to sinking ship?". O argumento é que o Brasil é especialista em perder oportunidades, e que a situação que o país vive hoje, de crise e desânimo, não é nova. Talvez o tombo tenha sido maior porque as expectativas eram muito grandes. O Brasil continua o país do futuro, embora o tal do futuro pareça hoje bem mais distante do que há alguns anos.

https://theconversation.com/how-did-brazil-go-from-rising-bric-to-sinking-ship-57029